Destaques: 31 Maio

Portugal

BD: As Extraordinárias Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy. Também aqui,

Crítica: Divergente, de Veronica Roth.

O steampunk.

Coisas da semana.

Crítica: Relatório Minoritário de PKD.

Crítica: A Verdadeira Invasão dos Marcianos, de Barreiros.

Crítica: O Diabo dos Anjos de L. C. Lavado.

Ajuizar o livro pela capa.

Crítica: Golias de Scott Westerfeld.

Crítica: Memórias de um Caçador de Vampiros de Ardo Antas.


Brasil

Sendak por Tavares.


Mundo

Os vencedores do Nébula.

Destaques: 29 Maio

Portugal

Críticas (a) curtas: «A Peste Negra» de Gomes Leal.

Crítica: Ensaio sobre a Lucidez de Saramago.

BD: programa do festival internacional de Banda Desenhada de Beja.

BD: críticas e notícias na imprensa.

Lembrar: Maurice Sendak.

Lembrar: Pratt.

Crítica: O Império Contra-Ataca de Donald F. Glut.

Crítica: Os Jogos da Fome de Suzanne Collins,


Brasil

Conto: «Vi Uma Coisa Medonha no Céu» de Miguel Carqueija.

Conto: «Os Zumbis de Caras» de Bráulio Tavares.

BD: Velta contra Drácula, de Emir Ribeiro.

BD: regressa O Senhor do Caos dedicado a Alan Moore.

Há Fantástico ibero-americano à venda.

Disponível o Juvenatrix 135.

BD: tributo a Sergio Bonelli.

O guia de escrita de FC&F.

Crítica: Farol do Espaço Profundo de Roberto Belli.


Mundo

Entrevista a Ray Bradbury.

«We See a Different Frontier» atinge meta de financiamento.

Destaques: 25 Maio

Portugal

Críticas (a) curtas: «Melros de Asa Vermelha» de Bruce Holland Rogers, «O Último Parente de Justino» de Jaime Rocha.

Crítica: O Perraultimato de Filipe Faria.

Fotos do lançamento de Compêndio dos Segredos Sombrios e Factos Arrepiantes de David Soares.

Crítica: Insurgent de Veronica Roth.

Crítica: Rubix de Ana Rita Pereira.

Época de apocalipses.


Brasil

Crítica: O Vôo de Ícarus de Estevan Lutz.

Crítica: A Máquina Diferencial de Gibson e Sterling.

Crítica: O Circo da Noite de Erin Morgenstern.

Ficção Científica em livros e na escola.

A realidade da FC.

Leituras: Em Chamas e Esperança de Suzanne Collins.


Mundo

A FC na Croácia.

Editora procura originais. Também aqui. E aqui. E aqui.

Destaques: 24 Maio

Portugal

Crítica: A Erva Vermelha, de Boris Vian.

Novidades Saída de Emergência para Maio.

Críticas (a) Curtas: «El Efecto Cibeles» de Yoss.


Brasil

Cinema: Battleship.

Ciência: Plutão pode ter moléculas orgânicas complexas.

Crítica: Crónicas Marcianas de Bradbury.

Fandemónio 5: Me dá uma para viver.

Mini-conto: «Botequim» de Miguel Carqueija.

As 5 escolhas de António Luiz M. C. Costa.



Destaques: 23 Maio

Portugal

Crítica: Matrix de Douglas R. Mason.

Crítica: A Cidade e as Estrelas de Arthur C. Clarke.

Crítica: Sombras Radiantes de Melissa Marr.

Crítica: As Brumas de Avalon - vol. 1, de Bradley.

Críticas (a) curtas: «A Espada Encantada» de Rui Zink.

Entrevista: Jon Spaiths.

Entrevista: Cristian Mihail Teodorescu.


Brasil

Disponível a TerrorZine 27.

Laboratório literário: Futuro Presente.

A FC dos anos 60 no YouTube.

Questões dos leitores de Borges.

O centenário de Contos Gauchescos de Simões Lopes Neto.

Crítica: A Máquina Diferencial de Gibson e Sterling.

Crítica: A Ilha do Dr. Moreau de Wells.

Rosie Jetson em papel.


Mundo

Ainda a Eurocon 2012: entrevista a Cheryl Morgan e reportagem televisiva.

Disponível a Expanded Horizons 35.

Entrevistas a autores portugueses

Queridos colegas escritores, o Orfeão do Porto está a começar um novo projecto e a fazer entrevistas a escritores. Quem estiver interessado, por favor contacte-me. As entrevistas serão filmadas, pelo que convém que se encontrem no Porto ou a fazer alguma apresentação lá.


Destaques: 21 Maio

Portugal

Críticas (a) curtas: «O Rico e a Bela» de Bruce Holland Rogers e «Contos de Ficção Científica».

Neal Stephenson e a escrita.

Cinema: Regresso ao Futuro.

Cinema: Henry Selick filma A Estranha Vida de Nobody Owens de Neil Gaiman.

Crítica: Segredo de Prata de Patricia Biggs.

Crítica: Os Dilemas do Assassino (vol. 2 de O Regresso do Assassino) de Robin Hobb.

Divulgação: Akkarin de Trudi Canavan.

Revista Bang! 12 já disponível em ebook gratuito.

Cibercultura e ciberpunk.

Memória: clube de leitura Bertrand do fantástico - Lisboa, Maio.

BD: Novo projecto de Pedro Serpa e David Soares: Palmas para o Esquilo:




Brasil

O dragão e a maçã.

Divulgação de antologia de contos «A Boca da Noite» com participação do português Emanuel R. Marques.

Disponível para leitura o fanzine TerrorZine Especial o Gato Preto 27.


Mundo

Hispacon - encontros anuais espanhóis de fantástico - decorrerá entre 12 e 14 de Outubro em Urnieta (Guipúzcoa).

Entrevista de Tim Power à Eurocon 2012.


Destaques: 18 Maio

Portugal

BD: Antevisão de Palmas para o Esquilo, de David Soares e Pedro Serpa.

Mini-entrevista sobre Compêndio de Segredos Sombrios e Factos Arrepiantes, de David Soares.

Crítica: Songs of Love and Death, de George R. R. Martin e Gardner Dozois.


Brasil

Cinema: Os Vingadores.

O projecto Space Opera.

Relatos: sábados de HQ no MuBA.

Relatos: vídeo da 1ª Odisseia de Literatura Fantástica.



Mundo

Nomeados para o prémio Seiun 2012 (Japão).

A morte do género.

História da FC na Roménia.

As ilustrações de Harry Clarke sobre Poe.

Destaques: 16 Maio

Portugal

O Quarteto de Terramar.

BD: Pequeno tribuno a Moebius.

Crítica: Eu Não Sou um Serial Killer, de Dan Wells.

Crítica: Slated, de Teri Terry.

Porto Editora publica Veronica Roth.

Presença lança novo livro de Filipe Faria.

Carta de António de Macedo ao Secretário de Estado da Cultura. E a opinião de David Soares.

Comentário: clube de leitura fantástica Bertrand de Lisboa - Maio.


Brasil

Futuro perdido.

Lançamento: A Morte da Luz, de Martin.

As escolhas de Rafael Lima.

BD: Vampiros nazistas.

Crítica: O Rei Mago, de Lev Grossman.



Ficção especulativa e Género

Gostava de retomar aqui uma conversa iniciada no Fórum Fantástico 2011, no painel "Os Sexos no Fantástico" (basta seguir o link para saberem do que se trata).

Para resumir: se o fantástico e a ficção científica são do reino do especulativo, do diferente, do propositadamente diferente, então - perguntava-me e pergunto-me eu - porque é que há tanta coisa que parece tão igual? Ou, se colocarmos a coisa de forma mais sardónica: porque é que a ficção especulativa parece especular tão pouco? Claro que o meu objectivo não era fazer uma generalização abusiva - eu estava e estou a referir-me em particular à questão da construção do género nas sociedades ocidentais contemporâneas.

Se repararem no PDF que utilizei para essa apresentação (disponível no primeiro link deste artigo), verão que eu comecei por fazer um pequeno jogo: cortar quaisquer marcas linguísticas e contextuais de género de algumas frases e pedir às pessoas que lá estavam para votarem sobre se achavam que a frase era sobre um homem ou uma mulher. Houve excepções mas, no geral, praticamente toda a gente acertou em todas as frases. O que pareceu reforçar a minha questão: estamos perante mundos diferentes, contextos diferentes, realidades alternativas e ainda assim deslindamos sobre quem é que se fala no texto, empregando as marcas da nossa realidade, do nosso mundo.

Uma resposta possível foi avançada pelo Bruno Martins Soares, que tomou uma abordagem psicanalítica jungiana da questão, apontando para a nossa tendência de repetir os tropos que contextualizam quem nós somos, no contexto em que existimos. Uma abordagem do campo da teoria literária poderia apenas afirmar que isto serve como mecanismo narratológico para criar rapport entre leitorxs e escritorxs, ou para permitir a inteligibilidade do livro.

Porém, se isso responde à minha pergunta enquanto tal, foge dela enquanto provocação (queer). E a minha provocação é também um apelo: como é que podemos resignificar o género, os géneros, e lidar (opositivamente, desconstrutivamente) com as significações presentes e passadas? Como é que podemos especular géneros?

Pessoalmente, incomoda a minha leitura, quando (por exemplo) na série Cultura somos apresentadxs a um conjunto enorme de espécies e mesmo de tecnologias de modificação corporal radical que em tudo apresentam paralelismos com as práticas trans*, mas os pronomes pessoais continuam a oscilar apenas entre "ele" e "ela". É caso para exclamar: "Hein? Mas isso lá faz sentido?". Claro que na série Cultura há toda uma língua que poderá até extravasar este binómio de género - mas então, ao se verter a história para uma língua presente, estamos perante um gravíssimo caso de 'perdido na tradução'! E logo a ficção científica, com a sua longa tradição de criar neologismos (que nem eram precisos)!

Felizmente, isto não é regra absoluta, e há quem se preocupe em fazer algo de especulativo, também neste ponto - só ninguém a fazê-lo em português, que eu saiba (olha aqui a oportunidade de mercado!!!). Assim sendo, estou ansioso para, na minha pilha de livros 'A ler', chegar ao Beyond Binary.

Então e vocês, que me dizem sobre isto?

Destaques: 15 Maio

Portugal

Adam Roberts sobre Joe Haldeman.

Crítica: revista Bang! 12.

Crítica: O Beijo das Sombras de Laurell K. Hamilton.

Novidade: Divergente de Veronica Roth.

Novidades Presença de Maio.


Brasil

Debate: os leitores locais nunca dão apreço aos autores locais.


Mundo

Jane Rogers vence o prémio Arthur C. Clarke 2012 com o romance The Testament of Jessie Lamb. E o Guardian relembra a polémica Priest.

Anunciados os vencedores dos prémios académicos Pilgrim e Pioneer.

Anunciados os vencedores do prémio Ditmar 2012.

Recordar: Angela Carter.

Conto: «Aliens», de Lavie Tidhar

Superpower: Africa in Science Fiction é uma exposição que decorre em Bristol com a presença de artistas portugueses: «[João Maria] Gusmão and [Pedro] Paiva film the world as if for the first time, producing an "alien theory" of moments in 16mm» e possivelmente (não conseguimos confirmar se se trata do artista português) Luís Dourado.

Destaques: 14 Maio

Portugal

Cinema: O Quinto Elemento.

Conto: «A Quinta dos Guarda-Chuvas» de João Ventura.

Listas temáticas.

Portugal representado na Eurocon 2012?

Crítica: O Circo de Sonhos, de Eric Morgenstern.


Brasil

O conceito ansível.

Geekcast 9 com Raphael Draccon.


Mundo

Uma breve história da FC russa.

É criado o prémio Van Vogt.

Revista croata Eridan premiada na Eurocon 2012 - o último número está em inglês. E para conhecer a lista completa de vencedores. ver aqui.

Ansível de Maio.

Finalistas dos prémios Locus.

Contos na International SF.

Mesa-redonda sobre FC não ocidental.

Notas para uma definição de vaporpunk.

Destaques: 11 Maio

Portugal

Reedição: «A Importância do Conto»

Crítica: Feiticeiro de Terramar, de Le Guin.

Crítica: Silêncio, de Becca Fitzpatrick.

Cinema: novo trailer para Prometeus.

BD: a banda desenhada portuguesa na revista Ler.


Brasil

Crónica: 1.ª Odisseia Fantástica de Porto Alegre, 2012.

Lyr Editorial quer romances de terror.


Mundo

Na biblioteca nacional escocesa decorre uma mostra sobre a FC na Escócia. Até final de Junho.

Eurocon 2012: comentários.

Disponível o n.º 40 do Theaker's Quarterly Fiction.

A FC no México.

Abre o site luso-internacional International SF.


Destaques: 10 Maio

Portugal

Crítica: O Filho do Dragão, de Sandra Carvalho.

Críticas (a) curtas: «Ajolote», de Santiago Oviedo.



Brasil

Crítica: O Ouro do Predador, de Phillip Reeve.


Mundo

Aceitam-se comunicados sobre a interacção entre mundo clássico greco-romano e a FC, para conferência sobre o tema a decorrer em 2013 em Liverpool. Até 30 Setembro 2012.

Aceitam-se contos para antologia Blood Iris: "We are seeking elements of urban fantasy and paranormal romance with a horror bent. Adult content is welcome." Até 15 Agosto 2012.


Destaques: 8 Maio

Portugal

Comentário: ideais da FC.

Crítica: Sangue Ardente, de Charlaine Harris.

Crítica: Fundação e a Terra, de Asimov.


Brasil

Crítica: Eu, de Augusto dos Anjos.

BD: Noite na Taverna, de Álvares de Azevedo.

BD: QI - Quadrinhos Independentes.


Mundo

Como garantir a colaboração entre as Artes e as Ciências.

Poesia de FC.

Uma alternativa à Guerra dos Tronos?

O sexo e violência para as adolescentes.

BD: crítica internacional às Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizza Boy.

Destaques: 7 Maio

Portugal

Críticas (a) curtas: «O Caçador Gracus» de Franz Kafka.

Crítica: O Heróico Major Fangueira Fagundes, de Luís Novais, e o primeiro encontro do clube de leitura de Braga.

Crítica: Paixão Escura, de Gena Showalter.

Comentário: Stand on Zanzibar, de John Brunner.

BD: VIII Festival internacional de BD de Beja.


Brasil

Loja de especialidade abre em São Paulo.

Geekcast n.º9: Literatura fantástica fantasiosa futurista aterrorizante.

Conto: «Urros no Porão», de Miguel Carqueija.

Estante virtual



Estante virtual - o domínio público de FC na Internet e a divulgação gratuita de certas obras, em momento apropriado, pelos autores (em vários formatos, incluindo EPUB e PDF) está em expansão (obrigado Ícaro pela referência!).

Destaques: 4 Maio

Portugal

BD: Relembrar Raúl Correia.

A Ficção Científica e o Cinema: Blade Runner

Londres poderá receber a Worldcon 2014.

Crítica: Foundation's Edge, de Asimov.

Crítica: A Cidade dos Anjos Caídos de Cassandra Clare.

Crítica: O Vampiro Lestast, de Anne Rice.

Crítica: O Filho do Dragão de Sandra Carvalho

Lançamento: Compêndio de Segredos Sombrios e Factos Arrepiantes, de David Soares. Dia 12 de Maio na Feira do Livro de Lisboa.

Brasil

Os livros de Luiza Salazar.

As vicissitudes de minerar asteróides.


Mundo

O mês das mulheres na FC&F.

Tudo o que sempre desejaram saber sobre o prémio Hugo.

Destaques: 3 Maio

Portugal

Ainda Martin: perguntas e respostas na sessão de lançamento, bem como entrevista.

Crítica: Peeps (Parasite Positive) de Scott Westerfield.


Brasil

Disponível: TerrorZine 26.

Mostra de FC de Macaé.

Crítica: A Fantástica Literatura Queer - Vermelho, org. Cristina Lasaitis e Rober Pinheiro.

Regulamento: concurso literário Caminhos do fantástico 2012. Até 15 de Junho.

Lançamento: o mundo fantástico de H. P. Lovecraft.


Mundo

Entrevista com Roberto Mendes.

Relembrar: Tarzan.

Parece Ficção Científica: pernas artificiais.

Alterações climáticas e a FC.

Nomeados para o prémio Shirley Jackson.

Destaques: 2 Maio

Portugal

Crítica: Segunda Fundação, de Asimov.

Crítica: Momentus de Liliana Lavado.

George R. R. Martin no P3.

Notas: Joan D. Vinge.

Notas: J. G. Ballard.

Exposições: Game On.

BD: Thorgal no Público.


Brasil

Conto: «O Recebimento de Kara - 02» de Eduardo Castelhano.


Mundo

Nova editora internacional de livros electrónicos procura originais. Até 1 de Junho.